Portos brasileiros


Vitória Fonte: Sindamares (http://www.sindamares.com.br/porto-de-vitoria/) Caracterização do Porto Origem A partir de 1870, o crescimento da cultura cafeeira na Província do Espírito Santo sobrecarregou o Porto de Itapemirim, já utilizado na época para embarque de cana-de-açúcar. Como alternativa, o Cais do Imperador (atual Porto de Vitória) passou a ser utilizado para escoar as safras de café. Em 28 de março de 1906, o governo federal autorizou a Companhia Porto de Vitória (CPV) a implantar novas instalações no mesmo local, com a empresa C.H. Walker & Co. Ltda., responsável pela construção de 1.130 metros de cais. As obras, no’ entanto, foram constantemente […]

Vitória


Vila do Conde Fonte: Acervo ANTAQ. Caracterização do Porto Origem Em 1967 foi descoberto um grande depósito de bauxita a montante do Rio Amazonas, nesse contexto foi solicitada a cooperação do Japão para promover a exploração, o processamento e a exportação desse recurso. Para o Japão, isso ia de encontro ao seu interesse de garantir matéria prima estável e de diversificar as fontes de abastecimento. Assim foram criadas, com capital conjunto nipo-brasileiro, a Alumínio Brasileiro S.A. (ALBRAS), empresa de refino de alumínio, e a Alumina do Norte do Brasil S.A. (ALUNORTE), empresa produtora de alumina. Além disso, em setembro de […]

Vila do Conde


Suape   Fonte – http://www.suape.pe.gov.br Caracterização do Porto Origem Na década de 1960, estudos começaram a ser realizados para avaliar a viabilidade da implantação de um “super-porto” destinado à exportação e à instalação de indústrias no seu entorno. As seguintes condições favoreceram a escolha da região de Suape como localização do novo porto: águas profundas junto à linha da costa; quebra-mar natural formado pelos arrecifes; extensa área para implantação de um parque industrial; distância da movimentação metropolitana da cidade do Recife. O plano diretor para a implantação do complexo industrial e portuário começou a ser elaborado a partir de 1973, […]

SUAPE



São Sebastião Fonte: http://www.portodesaosebastiao.com.br Caracterização do Porto Origem Em 13 de dezembro de 1929, a Câmara dos Deputados aprovou Projeto de Lei autorizando a construção de um porto no município de São Sebastião, que deveria servir de apoio e complementação ao Porto de Santos. A União celebrou contrato com o governo do Estado de São Paulo, em 26 de outubro de 1934, para a construção e exploração comercial do Porto de São Sebastião.  A inauguração oficial do Porto aconteceu em 20 de janeiro de 1955, sendo administrado pelo órgão estadual Administração do Porto de São Sebastião, criado em 18 de […]

São Sebastião


São Francisco do Sul Fonte: Autoridade Portuária do Porto de São Francisco do Sul (APSFS) Caracterização do Porto Origem O Decreto nº 9.967, de 26 de dezembro de 1912, concedeu permissão à Companhia da Estrada de Ferro São Paulo – Rio Grande para implantar uma estação marítima na baía de São Francisco do Sul (SC), porém a obra não foi efetivada. Em 1921 a Inspetoria Federal de Portos, Rios e Canais elaborou um projeto para a construção de instalações portuárias no local e, em 26 de outubro de 1922, a União celebrou contratou com o governo do estado de Santa […]

São Francisco do Sul




Santarém Caracterização do Porto Origem A proposta para construção do Porto de Santarém delineou-se com o Plano de Integração Nacional (PIN), criado pelo Decreto Lei nº 1.106, de 16 de junho de 1970, durante o governo militar. O PIN previa a construção da BR-230 (Transamazônica) e da BR-163, que liga Santarém a Cuiabá, além da construção de um porto federal no município de Santarém para viabilizar o fluxo de matérias-primas e mercadorias na região do Baixo e Médio Amazonas. Assim, o projeto de melhoria das precárias estruturas do antigo Trapiche Municipal de Santarém ganhou força e, em 18 de dezembro […]

Santarém


Santana Caracterização do Porto Origem No dia 6 de maio de 1982, o Porto de Santana foi inaugurado, sob a administração da Companhia Docas do Pará (CDP). O propósito inicial da construção do Porto era atender o transporte de mercadorias para o estado do Amapá e para a Ilha de Marajó via navegação interior. No final de 2002, a administração e a exploração do Porto foram transferidas ao município de Santana, através do Convênio de Delegação nº 009/2, celebrado entre o Ministério dos Transportes e a Prefeitura de Santana, com a interveniência da Companhia Docas do Pará (CDP) e a […]

Santana


Salvador Caracterização do Porto Origem A história do Porto de Salvador remonta ao início do período colonial, desde meados do século XVI, imbricada com o desenvolvimento da cidade de Salvador, a primeira capital do Brasil-Colônia. Um conjunto de trapiches e pequenos ancoradouros formavam a estrutura portuária da capital baiana, tornando-se, durante os dois séculos seguintes, o principal destino das embarcações que cruzavam o Atlântico na rota entre o Novo e o Velho Mundo. Até o início do século XX, o Porto permaneceu com suas instalações rudimentares. O ano de 1906 marca o início efetivo das obras de modernização do Porto […]

Salvador




Rio de Janeiro Caracterização do Porto Origem Na década de 1870, com a construção da Doca da Alfândega, surgiram os primeiros projetos para o desenvolvimento do Porto do Rio de Janeiro, que até então funcionava por meio de instalações dispersas, compreendendo os trapiches da Estrada de Ferro Central do Brasil, da Ilha dos Ferreiros, da enseada de São Cristóvão, da praça Mauá e os cais Dom Pedro II, da Saúde, do Moinho Inglês e da Gamboa. O Decreto nº 849, de 11 de outubro de 1890, autorizou a Empresa Industrial de Melhoramentos do Brasil a construção de um conjunto de […]

Rio de Janeiro


Recife Caracterização do Porto Origem O Porto do Recife surgiu na mesma época que a cidade de Olinda, em 1534, que se desenvolveu ao redor do atracadouro do Recife. As primeiras iniciativas para a realização de obras de melhoramento no antigo atracadouro ocorreram em 1815. No decorrer do século XIX, foram elaborados diversos projetos que não obtiveram êxito em suas execuções. Somente em 1º de julho de 1909, com a publicação do Decreto nº 7.447, a empresa Societé de Construction du Port de Pernambuco foi autorizada a construir as novas instalações, que compreendiam 2.125 metros de cais e três armazéns. […]

Recife



Porto Velho Caracterização do Porto Origem A construção do Porto de Porto Velho teve início em 20 de abril de 1973, pelo Departamento Nacional de Portos e Vias Navegáveis (DNPVN), do Ministério dos Transportes, com o intuito de substituir as antigas rampas instaladas durante a construção da Estrada de Ferro Madeira – Mamoré na década de 1920. A partir de 1976, a Empresa de Portos do Brasil S.A. (PORTOBRAS) deu continuidade às obras com a execução de um terminal para operações ro-ro. Em 1986, foi iniciada a construção de um novo cais, concluída em 1988. Quando da transformação do território […]

Porto Velho


Porto Alegre Caracterização do Porto Origem Em 1899 foi elaborado o primeiro projeto de construção do Porto de Porto Alegre. Em 1904, outro projeto foi realizado, com a intenção de construir um porto que permitisse a navegação transoceânica. Para que isso fosse possível, o governo intensificou as dragagens da lagoa dos Patos e Guaíba, iniciadas em 1897. O primeiro trecho de cais (140 metros) foi concluído em 1913, e ocorreu em partes. Os sedimentos dragados para aumentar a profundidade do canal eram usados no aterro do futuro cais. Um novo trecho de cais e armazéns (600 metros) começou a ser […]

Porto Alegre


Caracterização do Porto Origem Pelo Decreto nº 18.553, de 31 de dezembro de 1928, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul foi autorizado pela União a construir e a explorar comercialmente o Porto de Pelotas e, posteriormente, o Decreto nº 24.526, de 2 de julho de 1934, aprovou a renovação das concessões portuárias outorgadas ao Estado. Em 20 de novembro de 1993, as obras do Porto foram iniciadas, consistindo essencialmente em 464 metros de cais de atracação e três armazéns. Em 12 de janeiro de 1940, a Administração do Porto de Pelotas iniciou as operações. Em 1951, o […]

Pelotas



Paranaguá Fonte: Grupo Mariel Caracterização do Porto Origem A história do Porto de Paranaguá remonta 1872, com o antigo atracadouro de Paranaguá, sob a administração de particulares. Na época, o Porto também era conhecido como Porto Dom Pedro II, em homenagem ao Imperador do Brasil. Em 1917, o Governo do Paraná passou a administrar o Porto de Paranaguá, que passou a ter melhorias em sua infraestrutura. Por meio do Decreto nº 12.477, de 23 de maio de 1917, o Governo do Estado do Paraná assumiu as obras de abertura de dois canais de acesso, a construção de 550 metros de […]

Paranaguá


Niterói Caracterização do Porto Origem A história do Porto de Niterói remonta 1911, quando surgiu a possibilidade de construção de um porto entre a Ponta d’Areia e o Porto do Méier, durante o mandato do prefeito Feliciano Pires de Abreu Sodré. Em 1913, foi publicado o decreto de construção do Porto de Niterói. O governo federal, pelo Decreto nº 16.962, de 24 de junho de 1925, concedeu ao Estado do Rio de Janeiro autorização para construir e explorar comercialmente o Porto de Niterói durante 75 anos. Em 1927, o primeiro trecho do Porto foi inaugurado e, em 1930, o segundo […]

Niterói


Natal Caracterização do Porto Origem O projeto do porto de Natal foi aprovado pelo Decreto nº 15.277, de 14 de janeiro de 1922, e teve sua execução iniciada no mesmo ano, pela empresa C.H. Walker & Cia. Ltda., sendo interrompido entre 1924 a 1927. O Decreto nº 21.995, de 21 de outubro de 1932, criou o Porto de Natal, estabelecendo que a administração e a exploração do Porto ficassem a cargo da respectiva fiscalização, subordinada ao Departamento Nacional de Portos e Navegação. No dia 24 de outubro de 1932, as primeiras instalações foram inauguradas e o Porto de Natal iniciou […]

Natal



Manaus Caracterização do Porto Origem O edital de concorrência para a construção e exploração do Porto de Manaus foi publicado em 5 de setembro de 1899, com base na Lei nº 1.746, sancionada por D. Pedro II em 13 de outubro de 1869, que regulava o regime de funcionamento dos portos do Império. Apenas em 1899 o governo federal publicou o edital de concorrência para execução das obras de melhoria no Porto. Em 10 de agosto de 1900, a empresa vencedora da proposta foi a B. Rymkiewicz & Co., que assinou um contrato de 60 anos para a exploração do […]

Manaus


Maceió I.    Caracterização do Porto 1.    Origem A prospecção para melhorar o atracadouro de Maceió teve início em 1875, e 21 anos depois, a empresa The National Harbour Company Ltd. recebeu a concessão para operar no porto, seguindo as normas da Lei Imperial nº 1.746, de 13 de outubro de 1869. Em 1905 esse contrato foi desfeito pelo Governo Federal, pelo não cumprimento de premissas por parte de empresa. Em 1933, a União autorizou o governo estadual a construir e explorar comercialmente o porto entre as praias de Pajuçara e Jaraguá. Em 1935, a Companhia Geral de Obras e Construções […]

Maceió


Itaqui Caracterização do Porto Origem Estudos realizados em 1939 pelo Departamento Nacional de Portos, Rios e Canais (DNPRC), do Ministério da Viação e Obras Públicas indicaram a região de Itaqui para a implantação de um novo porto no Maranhão. As obras do Porto iniciaram-se em 1966, sob a gestão do DNPRC, transformado em autarquia em abril de 1963, com a denominação de Departamento Nacional de Portos e Vias Navegáveis (DNPVN), com a construção do berço 102 e estenderam-se até 1972. Em 1976, os trechos dos berços 102 e 103 foram concluídos. Em 1994, a extensão do cais foi concluída com […]

Itaqui



Itajaí Caracterização do Porto Origem A literatura registra que os primeiros estudos técnicos sobre o Porto de Itajaí datam de 1905 e foram realizados pela “Comissão de Melhoramentos dos Portos e Rios”, mas, somente por volta de 1914, foram construídos 700 metros lineares do molhe Sul e, mais tarde, realizadas outras obras, incluindo as do molhe Norte. As obras do Porto foram iniciadas efetivamente em 1938 com a construção do primeiro trecho de cais, em estrutura de concreto armado com 233 metros de comprimento, pátios pavimentados em paralelepípedos e o primeiro armazém. A complementação do cais, com mais 570 metros, […]

Itajaí


Itaguaí Caracterização do Porto Origem Em 1973, o governo do então estado da Guanabara promoveu estudos para a implantação do Porto de Sepetiba, destinado a atender, principalmente, ao complexo industrial de Santa Cruz. Com a fusão dos estados da Guanabara e do Rio de Janeiro, em 15 de março de 1975, a implantação do Porto ficou a cargo da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ). As obras de construção do píer de carvão foram iniciadas em 1976. No ano seguinte, tiveram início as obras de dragagem, enrocamento e aterro hidráulico. O Porto de Sepetiba foi inaugurado em 7 de […]

Itaguaí


Imbituba Caracterização do Porto Origem Com a descoberta das jazidas de carvão no sul do estado de Santa Catarina no final do século passado, Imbituba foi escolhida como o local para a construção de um porto para escoamento do minério. Em 1870, iniciou-se a construção da estrada de ferro Dona Tereza Cristina, que ligaria o porto, ainda inexistente, às minas de carvão. Os projetos de lavra não prosperaram de imediato e a implantação das instalações portuárias se iniciaram apenas em 1919. A Companhia de Mineração de Carvão do Barro Branco foi criada em 1922, ano em que a Companhia Docas […]

Imbituba



Ilhéus Caracterização do Porto Origem Os movimentos políticos para a realização das reformas no antigo ancoradouro da Foz do Rio Cachoeira datam de 1883. Entretanto, as reformas do cais de saneamento e da primeira ponte de acostagem no ancoradouro foram finalizadas apenas em setembro de 1920. Em 1924, a prefeitura de Ilhéus transferiu a concessão do Porto de Ilhéus à Companhia Industrial de Ilhéus, que deu prosseguimento à execução das obras do cais e dos armazéns. No mesmo ano, a Empresa Holandesa de Obras Públicas S/A foi contratada para a realização das obras de dragagem do canal de acesso e […]

Ilhéus


Fortaleza Caracterização do Porto Origem Ainda no final do século XIX, a tentativa de construção de um molhe de proteção deu início às obras do antigo Porto de Fortaleza, localizado na praia de Iracema. No entanto, o assoreamento provocado pela ação dos ventos prejudicou a conclusão das obras que, em 1887, foram suspensas. Em 1921, após o aprimoramento do projeto de construção do molhe, aprovado pela Inspetoria Federal de Portos, Rios e Canais (Decreto nº 14.555, de 17 de dezembro de 1920), as obras, a cargo da empresa Norton Griffths, tiveram continuidade. No entanto, os trabalhos foram interrompidos, em 1923, […]

Fortaleza


Forno Caracterização do Porto Origem A implantação do Porto do Forno iniciou-se em 1924 com a concessão do governo federal ao empresário Miguel Couto Filho do direito de construção e exploração do Porto, através do Decreto nº 16.861, de 26 de novembro de 1924. Em 1929, o Decreto nº 18.943 permitiu que a concessão das instalações portuárias do Porto de Forno fosse transferida à Companhia Melhoramentos de Cabo Frio. Em 1938, a concessão foi rescindida pelo Decreto nº 2.607, alterado pelo Decreto nº 2.917, de 1º de agosto de 1938. A partir de 1965 o Porto passou a ser explorado […]

Forno



Estrela Caracterização do Porto Origem A construção do Porto de Estrela iniciou-se em dezembro de 1975, pela antiga Empresa de Portos do Brasil (PORTOBRÁS), conforme projeto que buscava atender a demanda do transporte de trigo e soja no corredor de exportação do Porto de Rio Grande. As instalações de atracação e armazenagem foram inauguradas em 12 de novembro de 1977. Em 2008, a gestão do Porto Fluvial de Estrela foi descentralizada à Companhia Docas do Maranhão (CODOMAR) por meio do Convênio de Apoio Técnico e Financeiro para gestão das Hidrovias e dos Portos Interiores Nacionais nº 007/2008, celebrado entre a […]

Estrela


Cabedelo Caracterização do Porto Origem O planejamento da construção de um porto na enseada de Cabedelo (PB) remonta o período do Segundo Reinado (1840-1889). A aprovação do projeto, entretanto, ocorreu em junho de 1905, com o Decreto-lei nº 7.022. As obras iniciaram-se em agosto de 1908 e, em 16 de dezembro de 1917, havia sido concluída a construção de 178 metros de cais e de um armazém. Em 1932, após longa paralisação, as obras do Porto foram retomadas como resultado de um compromisso assumido dois anos antes pelo governo federal com o governo estadual da Paraíba, que reivindicava a execução […]

Cabedelo


Belém Caracterização do Porto Origem O projeto de construção do porto de Belém foi apresentado em 1897 pelo engenheiro Domingos Sérgio Sabóia e Silva e previa novas instalações de atracação e de armazenagem, o prolongamento do cais existente para 4.300 metros e a construção de uma avenida marginal em substituição às precárias instalações das docas de Ver-o-Peso. A edição do Decreto nº 5.978, de 18 de abril de 1906, autorizou o início das obras e o Decreto nº 6.283, de 20 de dezembro de 1906, concedeu à empresa Port of Pará, de capital privado, a exploração do Porto de Belém. […]

Belém



Caracterização do Porto Origem A história do Porto de Barra do Riacho se confunde com o histórico dos terminais de uso privado (TUP) que se localizam dentro da área do porto organizado de Barra do Riacho. Os estudos preliminares para a criação de um terminal especializado para o embarque de celulose são de autoria da empresa Aracruz Celulose S.A e datam o ano de 1973. A praia das Conchas, próxima à Barra do Riacho, fora apontada como o local com as melhores condições para a construção do terminal portuário. Em 1973, iniciaram-se os estudos de viabilidade técnica e econômica do […]

Barra do Riacho


Areia Branca   Caracterização do Porto Origem A construção do Terminal Salineiro de Areia Branca, mais conhecido como Porto-Ilha de Areia Branca, resultou da necessidade de suprir a demanda de sal marinho no mercado interno brasileiro. Dos projetos analisados, prevaleceu o elaborado pela empresa norte-americana Soros Associates Consulting Engineers para a construção de um sistema de ilha artificial. O Decreto nº 66.154, de 3 de fevereiro de 1970, aprovou a constituição da empresa de economia mista TERMISA – Terminais Salineiros do Rio Grande do Norte S.A. e, em maio de 1971, as obras foram iniciadas. Após um período de paralisação, […]

Areia Branca


Aratu Caracterização do Porto Origem Em 11 de abril de 1966, foi criado o Centro Industrial de Aratu (CIA) e, em 17 de dezembro de 1966, o governo federal autorizou a Usina Siderúrgica da Bahia S.A. (Usiba) à construção de um terminal de uso privativo (TUP) na Ponta da Sapoca, na Baía de Todos os Santos. A instalação do CIA incentivou a construção do Porto de Aratu na Baía de Todos os Santos. Em 1º de outubro de 1971, o Departamento Nacional de Portos e Vias Navegáveis do Ministério dos Transportes (DNPVN) aprovou o projeto de implantação do Porto de […]

Aratu



Antonina Caracterização do Porto Origem Em 1714 o município de Antonina desenvolvia-se, estimulado pelo garimpo de ouro nas encostas da Serra do Mar. Com a conclusão das obras da Estrada da Graciosa e do terminal ferroviário ligando Antonina a Curitiba em 1856, o município vivenciou um impulso progressista intensificado pelos ciclos da madeira, do café e da erva-mate e, em 1927, o Porto de Antonina apresentava-se como o quarto porto em exportações no país. No entanto, o declínio da economia do município de Antonina, após o fim da Segunda Guerra e o fim do ciclo da erva-mate, e a pouca […]

Antonina


Angra dos Reis Caracterização do Porto Origem A história do Porto de Angra dos Reis remonta ao século XVII, quando desempenhou papel relevante no escoamento da cana de açúcar e depois, durante o período da escravidão e do ciclo do ouro, no embarque do minério para o Porto do Rio de Janeiro. O fim do tráfico de escravos aliado à construção da Estrada de Ferro Pedro II enfraqueceu a atividade portuária no município de Angra dos Reis. A partir de 1923, o crescimento das exportações de café do Vale do Paraíba demandou a reforma das instalações de embarque no Porto […]

Angra dos Reis